ASSINE NOSSA LISTA MATÉRIA PURA

NAVEGUE

Prescritores

MATÉRIA PURA

CARLOS BARBOSA Rua Rio Branco, 96 / Loja 101 Fone: (54) 3461.1123 - (54) 984299297 PORTO ALEGRE Av. Cristóvão Colombo, 2009 Fone: (51) 3222.0164 - (51) 985951379

CNPJ: 94.306.883/0001-06

Email: materiapura@materiapura.com.br

Entregas:  De 1 a 5 dias úteis

REDES SOCIAIS

© 2018 Materia Pura - Todos Direitos Reservados

Queda de cabelo e troca de estação


Muitas pessoas saudáveis notam aumento da queda ao lavar ou pentear os cabelos em determinadas épocas do ano. Isso faz com que se acredite que possa haver relação entre queda de cabelo e estações do ano. É normal que se observe queda de cerca de 100 fios ao dia, como resultado do ciclo natural do cabelo. O cabelo permanece em fase de crescimento durante 2 a 8 anos, sendo esse tempo variável de pessoa para pessoa.


Após esse período, cerca de 10% do fios entram em fase de repouso, que pode durar até 3 meses. Nesse período, chamado fase telógena, é quando ocorre queda de fios. Diariamente, parte dos fios em fase telógena se desprendem e caem. Condições como alterações hormonais, deficiências nutricionais, stress, dermatites no couro cabeludo, dentre outras, influenciam a evolução no ciclo.

Uma das pesquisas científicas, realizada em Zurique, na Suiça, avaliou 823 mulheres sem problemas de saúde ou causas aparentes para aumento da queda de cabelos por um período de 6 anos.


As pacientes selecionadas foram avaliadas com exames de sangue e do cabelo, chamado tricograma. A análise dos resultados sugere que uma maior quantidade de fios entrem em fase de repouso durante o verão, fazendo com que a queda ocorra mais no início do outono. Um segundo pico, porém menos pronunciado, foi observado na primavera. Assim, esses resultados além de sugerirem haver relação entre queda de cabelo e estações do ano, eles concordam de que o fim do verão e outono seja o período de maior queda de cabelos.

O uso de gorro, boné, chapéu, banho com água mais quente e outros hábitos mais comuns no inverno podem contribuir para o aparecimento ou agravamento da dermatite seborreica. A dermatite seborreica, popularmente reconhecida como caspa, é uma inflamação do couro cabeludo que leva ao aumento da queda de cabelos. Ela costuma ser mais intensa em estações de clima mais extremo, como verão e inverno, justificando a maior queda nessas estações.


O aumento da queda de cabelo principalmente no outono e verão costuma ser passageira, com rápida reposição dos fios. Dessa forma, ela não deve causar grande preocupação, devendo ser vista como um processo natural do organismo. Essa queda sazonal geralmente é difusa, não sendo esperado o aparecimento de áreas expostas no couro cabeludo. Percebemos que o cabelo está caindo quando a escova fica cheia de fios, no ralo do boxe do banheiro, no travesseiro também ou quando o rabo de cavalo não tem mais o mesmo volume que antes. Perdemos cabelo todos os dias, mas agora no outono e depois no inverno a tendência é cair mais. Caso esta queda seja mais intensa, procure um dermatologista.


PODEMOS TOMAR ALGUMAS PROVIDÊNCIAS:

Como auxiliares para minimizarmos a angústia com esta queda temos a suplementação com cápsulas de PILL FOOD, que é um complexo de vitaminas e minerais para a saúde dos cabelos e unhas. Também muito usado é o Xampú de Guanxuma que fortalece os fios evitando a queda, e a famosa Solução de Minoxidil que aplicada diretamente no couro cabeludo, com massagem, ativa a circulação no local, alimentando os fios. Não diminuindo a queda capilar, procure um dermatologista, pois muitas podem ser a causa desta queda.


#materiapura #saude #pele #verão