Cuidados com a pele pós verão


Com a proximidade do outono e o fim da exposição constante aos raios solares, a preocupação agora é com cuidados e tratamentos que permitam recuperar a pele dos danos causados pelo excesso de sol durante o verão. Assim, o primeiro passo é tratar as melanoses solares, que são manchas pequenas, ou os melasmas, manchas mais extensas. Em menos de um mês, aqui no Brasil, estaremos oficialmente no outono.


A meia-estação começa em março (21) e, mesmo que em algumas regiões do país o sol ainda se faça presente por inteiro, o friozinho já vai dando seus discretos sinais de permanência, principalmente nos períodos noturnos, nos preparando para a chegada do inverno (em junho).


Nosso corpo e, claro, nossa pele, também acabam por sofrer algumas importantes mudanças junto com o clima muitas delas causadas pela exposição excessiva aos raios UV durante o verão, combinada a fatores externos como vento, cloro de piscina e sal do mar. Entre as maiores queixas das mulheres em relação a problemas pós-verão estão as manchas, poros abertos e alterações na textura da pele, perda de brilho e dificuldade no controle da oleosidade encabeçam a lista de danos.


MANCHAS:

Se tivéssemos que elencar algum dos problemas de verão como campeão de queixas, com certeza seriam as manchas na pele. É que a exposição ao sol contribui para que elas apareçam ou se agravem. Entre os principais tipos de manchas, estão os melasmas, as efélides ( ou sardas), as melanoses solares (também chamadas de manchas senis) e as manchas brancas, nos braços e tronco, geralmente associadas a micoses.


Os melasmas, manchas escuras que costumam surgir nas maçãs do rosto, na testa e na região do buço, são causados por predisposição genética ou alterações hormonais – para saber se sua pele apresenta a condição, o melhor é sempre consultar com um dermatologista. Se você já sabe que sua pele tem tendência a produzir melasmas, o melhor a fazer, é evitar ao máximo que a pele fique diretamente exposta ao sol – por isso é recomendável o uso diário de filtro solar com FPS 30, no mínimo. Já para tratamento, recomendamos cremes com vitamina C em sua composição, ou fórmulas à base de ácidos clareadores, como o retinóico e a hidroquinona. Antioxidantes por via oral também podem auxiliar para evitar o escurecimento das manchas já existentes. Para tratar sardas e manchas senis, por sua vez, luz pulsada, lasers (realizados em clínicas especializadas), peelings ou cremes clareadores, sempre prescritos pelos médicos, são as melhores saídas.


PROTEÇÃO SOLAR:

Como já temos falado, o frio também requer o uso de filtro solar – logo, nunca se pode abrir mão do produto, o incorporando à sua rotina de cuidados diários, já que as radiações ultravioleta estão presentes, não importando a estação do ano. Hoje em dia os estudos mostram que podemos ajudar a evitar e até clarear as manchas com antioxidantes por via oral, como é o caso do famoso “Peeling em cápsulas” que nada mais é do que uma substância chamada de hidroxitirosol, que é extraído do fruto das oliveiras.


O hidroxitirosol possui potente ação antioxidante que auxilia na diminuição da hiperpigmentação e promove uniformidade do tom da pele, conforme estudos realizados. Os antioxidantes diminuem os efeitos deletérios da radiação ultravioleta sobre a pele, prevenindo a hiperpigmentação cutânea, pois reduzem as reações oxidativas necessárias para a formação do pigmento. É chamado de “Peeling em cápsulas”, não porque ele faça um peeling na pele como os que conhecemos, mas porque a pele vai clareando, as manchas vão diminuindo de intensidade com o tempo, parecendo como se tivesse realizado um peeling, mas sem descamação visível

O conceito “in” e “out”, significa que tratamos a pele de dentro para fora e de fora para dentro. Neste caso, de dentro para fora, ingerindo cápsulas que contenham Hidroxitirosol e de fora para dentro usando na pele por exemplo uma Vitamina C Pura a 20% (clareador e estimulador da produção de colágeno). Com isso vamos clareando nossa pele, sem esquecer nunca de usar um filtro solar adequado no rosto, principalmente filtro com cor para também evitarmos a radiação azul de celular e computador. Neste caso sugerimos o NO RED 50.


Não obtendo resultados, consulte seu dermatologista e oriente-se com nossas farmacêuticas.


#materiapura #saude #pele #verão


ASSINE NOSSA LISTA MATÉRIA PURA

NAVEGUE

Prescritores

MATÉRIA PURA

CARLOS BARBOSA Rua Rio Branco, 96 / Loja 101 Fone: (54) 3461.1123 - (54) 984299297 PORTO ALEGRE Av. Cristóvão Colombo, 2009 Fone: (51) 3222.0164 - (51) 985951379

CNPJ: 94.306.883/0001-06

Email: materiapura@materiapura.com.br

Entregas:  De 1 a 5 dias úteis

REDES SOCIAIS

© 2018 Materia Pura - Todos Direitos Reservados